terça-feira, 26 de abril de 2005

2485 km depois

Após uma viagem Ouriço/Amsterdam, e um regresso Amsterdam/Estaminé cá estou eu de volta ao meu cantinho, felizmente sem estar abrilado com as tristes comemorações (???) do dia de ontem...
Segue-se uma pequena sinopse da viagem;
Alguns museus (poucos!), grandes caminhadas a pé, muito ciclismo, 1 pequeno acidente de bicicleta sem consequências (nem queda), além das ofensas verbais do condutor do outro veiculo envolvido (só vi 2 acidentes de bicicleta), e uma viagem de Tram sem pagar como bom português que sou. Houve alguém a que "Arte é um prato de feijoada", outro que no Red Light só queria uma abracinho e/ou o calor humano como companhia para uma sesta ("...ela nem precisava tirar o bikini..."). Há que voltar! E a companhia foi do melhor que se podia esperar!
Gracias amigos!

4 comentários:

Anónimo disse...

Ouvi dizer q só sabias dizer "coffee shop"... e os suvenires???

yagi

Van Breukelen disse...

Aposto que o 24 de Abril, esse tempo de modernidade e coffee-shops e viagens à Holanda e voltas de biciclete (sim, porque à data carros era coisa pouco vista) foi recordado com saudosismo.
"Haaaa... que bom era o Portugal de antigamente. Amesterdão, ondes estavas tu no 25 de Abril?"

Gluecifer disse...

A este comentário, dedicado aos muitos frequentadores deste blog que orgulhosamente dizem 24 de abril sempre, assinado pelo ex-keeper do PSV (sabem lá vocês quem é o dito senhor, cambada de nhurros!) chama-se chapelada de aba larga. para comer e calar!!!

Joanssen disse...

Jójó,como é que um gajo tão fixe como tu pode setr facho?
Venho por este meio mostrar a minha indignação.