quarta-feira, 19 de outubro de 2005

Rir é o melhor remédio (por vezes o único)

Viajavam num comboio um Português, um brasileiro, um Francês e um Cubano. Passado um pouco o brasileiro abriu a mala, tirou um belo pedaço de picanha, mordeu uma pequena parte e mandou o resto pela janela.

Todos observaram aquilo com um certo espanto e o brasileiro justificou:

- Ué! Isso é o que há mais na minha terra!

Passado algum tempo, o francês abriu a mala, tirou o belo de um queijo e repetiu o acto do brasileiro. Todos os outros olharam para ele espantados e o francês disse:

- Oui! Isso é o que há mais na minha terra!

Mais algum tempo passou e foi a vez do cubano. Abriu a mala, tirou um tremendo charuto cubano, de uns 20 centimetros, deu um bafo, apagou e mandou o resto todo pela janela. O espanto era geral e o cubano disse:

- Pues que si! Isso é o que há mais na minha terra!

Passaram uns vinte minutos, o silêncio reinava na carruagem, quando de repente, o português, sem nada dizer, levantou-se e mandou o brasileiro pela janela.

5 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
h2loira disse...

lololol!!! obrigada pekenito!!!! que maravilha!!!

bjs

Tripeirossos disse...

Mai nada pequeno Jójó, isto mais parece a Benneton, é só pretos, monhés, brasucas, ucracianos e afins...

h2loira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
h2loira disse...

concordo com o tripeiro ossadas!!!!!! isto está cada vez mais impossível!!!! cada vez que quero certificar-me que ainda estou em portugal tenho que olhar para as matriculas dos carros!!!!! agora é só sotákis e linguas de todos os lados!!!!! JÁ CHEGA!